O renascer do GIF animado

Publicado por André Teixeira em 9 de Maio de 2013

Quem assistiu aos primórdios da internet, recorda-se certamente da abundância de pequenas imagens animadas de gosto duvidoso que proliferavam pelos websites. Os chamados GIFs Animados davam o movimento que então era muito difícil de obter, devido às limitações imposta pelas tecnologia e velocidade de acesso. Com o evoluir da internet, a ascenção (e queda) do Flash, o ressurgimento em força do Javascript e com o HTML5 e CSS3, a dinâmica e o movimento em páginas de internet estava assegurada, e o GIF obsoleto e moribundo.

Agora, este velho formato, antes utilizado para imagens “em construção”, “corações partidos”, setas ou “smiles” animados, está a renascer  e a transformar-se no suporte para pequenas obras de arte. Esta nova tendência utiliza a formato GIF para “congelar” alguns frames de vídeo, que nos permitem contemplar os pormenores, a beleza ou a intensidade de determinado momento, chamam-lhe “Cinemagraph”. Estes pequenos loops de vídeo capturam a nossa atenção e impressionam.

Para além de resultados espantosos, é uma técnica que poder ser muito útil no email marketing, pois é capaz de ultrapassar as limitações impostas por muitos clientes de email, e emprestar às newsletter “aquele pormenor” que as fará sobressair. Alguns estudos demonstram que a introdução de animação nas newsletters podem aumentar a taxa de cliques em 22%.

Aqui estão alguns exemplos do que se pode alcançar com o Cinemagraph, retirados justamente de clássicos do cinema. E não deixe de visitar o site cinemagraphcollection.com para ver a sua vasta colecção.

 

Cinemagraph

Cinemagraph

Cinemagraph

Cinemagraph

Cinemagraph

Cinemagraph

Cinemagraph

Cinemagraph

Anúncio do Facebook Home com cabra que grita e muito mais!

Publicado por André Teixeira em 15 de Abril de 2013

Neste divertido anúncio é comunicado o lançamento do Facebook Home: um conjunto de aplicações que facilita o acesso ao fluxo de informação da rede social, e que está sempre presente desde que o telemóvel é ligado. A apresentação é feita pelo próprio Mark Zuckerberg aos seus colaboradores, mas existe um funcionário que parece não estar muito interessado no que o “patrão” está a dizer. Dois momentos em destaque: a cabra que grita (sem dúvida uma moda crescente na internet) e “Cannonball!!!!” (e mais não digo). Um vídeo a não perder.

A grande aposta do Spotify, hoje nos EUA

Publicado por André Teixeira em 26 de Março de 2013

O novo serviço de música digital lança hoje uma campanha multiplataforma, desenvolvida pela agência Droga5, na estreia da nova temporada do programa “The Voice”, na NBC e durante os talk-shows “The Tonight Show com Jay Leno” e “Late Night with Jimmy Fallon”.

Segundo a agência criativa, a campanha destina-se a apelar às emoções, em vez de ser descritiva sobre o serviço, transmitido a ideia de que a música é algo “maior que todos nós”. Desta forma, o spot mostra um fã num concerto, a ser levantado por uma multidão, em câmara lenta, onde só se ouve a voz do narrador. Tem impacto, sem dúvida, mas será eficaz para quem não conhece o que o Spotify? Teremos que aguardar para saber…

De qualquer forma, o Spotify promete revolucionar a forma de ouvir música, libertando os consumidores de pagar por álbuns ou músicas específicas, permitindo que, através de uma mensalidade, seja possível  ouvir o que se quiser, sem pagar mais por isso, facilitando a descoberta e a partilha em redes sociais – o Spotify é um parceiro estratégico do Facebook, e a sua integração na rede social é muito eficaz.

A Transglobal, que sempre esteve ligada à música, não poderia deixar de oferecer soluções onde integra esta plataforma, apostando na inovação e reinvenção deste mercado.

Os 90 anos da Time Magazine contados pelas suas capas

Publicado por André Teixeira em 5 de Março de 2013

A Time Magazine está a celebrar os seus 90º aniversário e, apesar de estar em dificuldades económicas, mantém fiéis cerca de 25 milhões de leitores em todo o mundo – mais de que qualquer outra publicação semanal. Como parte das suas comemorações, a Time está a promover uma votação no mínimo original, cujo objectivo é a eleição das suas capas mais ridículas (“Which TIME Cover Is Cheesier?“). À parte desta engraçada forma de divulgar a revista, aqui ficam os 90 anos da publicação contados pelas suas capas, em cerca de 2 minutos de vídeo.

 

Paperman da Disney: Venha daí o Óscar!

Publicado por André Teixeira em 7 de Fevereiro de 2013

Nomeado para o Óscar de melhor curta-metragem, o realizador John Kahrs, recorrendo a um estilo preto-e-branco minimalista, conta a história de um jovem solitário nos meados do século XX em Nova Iorque que, a caminho do trabalho, encontra a mulher dos seus sonhos.

Quer se goste ou não da Disney, a verdade é que esta animação trás consigo o mundo de fantasia a que a produtora já nos habituou. Sugere-nos também uma certa nostalgia e memórias de infância (tem o seu quê de Dama e o Vagabundo), fugindo das habituais figuras tridimensionais tão comuns nos blockbusters atuais. Será que é suficiente para merecer o Óscar?

Contactos TG

Escritório e Atelier:
Rua Costa Pinto, 23
2770-046 Paço d'Arcos-Portugal

Tel: +351 214 567 042
Tlm: +351 934 053 447
Email: info@transglobal.pt

Newsletter TG

Subscreva aqui:
* = campo obrigatório

Redes Sociais TG

© 2016. Transglobal Comunicação e Publicidade, Lda. Todos os direitos reservados

scroll to top